Minha Proposta é a Reflexão.

Minha foto
Um livre pensador, amante da vida e do Deus que a criou.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Poema


AMOR AMANTE
(Um Poema dos Amores Secretos por uma Mulher)
Por Regis Augusto Domingues

Amor, desatinado amor,
Quando chega, inesperado.
Para amar, a amada minha,
Tão de longe, tão de perto.
Seria delírio num deserto?
Não, apenas o ardor,
Corajoso aliado.
Inspiração que se alinha.

Eu, aqui sentado, pasmado, admirado.
A olhar tua beleza, sem manto.
Você, toda charmosa, doce encanto.
Eu aqui, coração batendo, desaprumado.

Ritmo de batida forte, tonante, vibrante.
Que deu seu próprio canto.
Você, irresistível magia, fascinante, exuberante.
Ah! Tanto amor, amor sim, e tanto.

Amada, minha amada, hei de sempre amar.
Quando o meu amor desvendado,
Na imensidão desse mundo revelado,
Desvelo intenso há de se aninhar.
Doce amor, sublime encanto.
Carinhoso beijo, terno aconchego,
Para tanto, amar.

Amor, jubiloso sentimento, até um canto.
Sim, mais nenhum pranto.
Tão feliz somente,
Com o amor da amada, amante.
Intenso afeto, imenso alento.
Desperta tão somente
Vida de amor amante
Perene, constante!

Nenhum comentário:

Postar um comentário